segunda-feira, 15 de fevereiro de 2010

"Um [In?] Discretíssimo Cheirinho A Passado..."


Numa artigo do "Público", "Sinais Errados", Francisco Sarsfield Cabral, depois de acusar o governo "pê-ésse" de gerir desastradamente a economia e, muito em especial, a dívida pública e a nossa relação, enquanto país, com os centros de decisão geo-económica, acaba dizendo que demitir o primeiro ministro é desaconselhável para 'salvar as aparências' de uma estabilidade que ele acha essencial para estimular o investimento e induzir a tal "retoma" de que tanto se fala...

Ele disse isso? Isso cheira-me terrivelmente 'a passado'.
Aos tempos anteriores à lei... do divórcio...

2 comentários:

Ava Santos disse...

Passei Por aqui para deixar um beijinho ao amigo carlos, e desejar-lhe um bom carnaval e muitos momentos agradáveis na companhia daqueles que mais ama.

Um abraço, Ava

Carlos Machado Acabado disse...

Muito obrigado, Ava.
Fez muito bem e eu agradeço-lhe a atenção.
Aliás, este espaço é tanto seu como meu: se ainda existe, em grande parte a si e a alguns outros poucos amigos, dele e meus, o deve, como sabe.
Agradeço-lhe, por tudo isso e retribuo sensibilizado!
Um beijinho especial!
Carlos