segunda-feira, 8 de março de 2010

"Com a Telha!"

Hoje, por amor de Deus, não me digam nada!
Estou com uma daquelas


que nem imaginam!!!...

Dava para cobrir um armazém!...

5 comentários:

Ezul disse...

Mesmo assim, arrisco: que comparação é possível entre a minha pobre parede de taipa e esta telha industrial?
:)

Ava Santos disse...

Oh amigo Carlos... não vale apena ficar com telha, já imaginou quanto vai gastar em cimento, areia e pagar a um pedreiro para colocar tanta telha?
Acredite em mim, não vale a pena. Pois a ultima telha que tive ficou-me numa fortuna. Eheheh!

Um beijo Ava.

Carlos Machado Acabado disse...

Ah! Mas, então, não se vêem logo as diferenças??!!
Primeira: a minha telha é mais para o rectangular [o que muda logo tudo].
Também é mais escura, outro aspecto verdadeiramente determinante...
Tem aquela coisa em forma de meio-cilindro---que só isso bastava para...
Enfim, como vê, são casos muito diferentes!...
:-) :-) :-)

Amiga Ava: não há problema!
As minhas telhas, quando vêm, são do tipo de trazer logo cimento, areia, pedreiro e tudo!...
Desta vez até deu para discutir com a Nocas e deixar de... ladrar à Tanas...
Uma coisa para ficar para a História, acredite!
:-) :-) :-)
E a amigdalite?
Já saíu de cena?...
Um beijinho!
Carlos

Ava Santos disse...

Felizmente já. Agora já estou de volta, com um pouco de depressão à mistura, mas voltei, eheheh.

Um beijo Ava

Carlos Machado Acabado disse...

DEPRESSÃO??!!
Que é lá isso??!!
Uma 'telhazita' momentânea, ainda vá que não vá, até "fica bem", agora depressões!!
Ná!
Não queremos cá "disso", ouviu?...
Ai! Ai!